Olimpo (ainda) de portas fechadas

O que o Twitter é e como funciona muitas matérias na mídia impressa e digital já se encarregaram de contar. A novidade agora é a onda de celebridades que resolveram criar seus perfis na rede: Rubens Barrichello, Fernanda Young, Bruno Gagliasso, Júnior Lima (da Sandy), a própria Sandy (que agora é Leah) e, o mais frenético deles, Luciano Huck.

Quando ouvi, sábado a tarde, o apresentador anunciar o seu “@” para milhares de pessoas na TV, eu que sou idealista, gritei: “ponto para a interatividade!”  Afinal de contas, o Twitter tem como principal finalidade a troca de informações, o compartilhamento de idéias e ações. Aparecer por aparecer, essas pessoas já estão em evidência, não precisam se expor mais. Portanto, tive a breve ilusão de que finalmente baixaria a ponte elevadiça do Olimpo e viveríamos tempos de “Aldeia Global”, ao menos na Internet.

Não é nada disso o que acontece por lá. Olimpianos só se comunicam entre si e, expõe sim, suas viagens, férias, sets de filmagem. Bom pra eles, que agora possuem um canal de fofoca sem precisar dos fofoqueiros de plantão. Eles mesmos falam de si, falam o que querem que saibam, claro, saciam a necessidade de quem gosta de acompanhá-los feito novela e, o que é melhor criam o imaginário de proximidade que todo plebeu gostaria de ter.

Para o mundo virtual nada acrescentou. Luciano Huck, por exemplo, o máximo que chegou perto do público foi abrir campanha para doar 5 televisores LCD para os primeiros a lhe mandarem mensagem quando seu perfil atingisse 1500 seguidores. Claro, aproveitou e divulgou seu parceiro Ricardo Eletro (que vem acompanhando o quadro Lar doce Lar, no Caldeirão). Depois disso, agradeceu a participação e… Nada mais! Suas twittadas seguem sempre para o Marcelo Tas, Rubinho entre outros do seu próprio mitiê.

Claro que as mensagens pra ele deve chegar aos montes e, é difícil administrar (olha minha porção fã falando). Mesmo para nós, nerds, tem dias que é difícil, mas uma outra deveria lhe chamar a atenção ou não?! Nem que fosse por graça, por solidariedade, não sei. Fato é que o Olimpo apenas colocou uma janela para o mundo, mas ainda não divide seu manjar com os mortais.

Como idealista, continuo acreditando na Internet e em suas possibilidades e sei que um dia, ainda poderemos sugerir pautas, quadros, coisas que mudem a TV nossa de cada dia pra melhor. 

15 Comentários

Arquivado em Tecnologia

15 Respostas para “Olimpo (ainda) de portas fechadas

  1. Tem tempo que eu não ligo a TV…

  2. Dá para ouvir as minhas palmas daí?

  3. Daniel Blanco

    Você está sendo ovacionada por nós, simples mortais.

    Ainda acredito q ele divulga só para aparecer e ser seguido pelos “outros”, e quando usa é só para falar com o pessoal da elite. #prontofalei

  4. Assis Haubert

    Excelente texto, concordo em parte com ele.

    Mas não é 100% assim, eu já troquei mensagens com os @ citados, tanto o Luciano, qto com o Rubinho.

    Não vejo mal nas ditas promoções. Cada um tem o direito de fazer o que bem entende.

    Não há lógica em reclamar que quem se conhece converse com quem se conhece. O fato de nós “mortais” conversarmos com os nosso conhecidos / amigos é motivo para que sejamos melhores dos que os “conhecidos”?? Porque eles não podem agir de forma comum como nós agimos?

    Att

    Assis

    • fefreitas

      Falamos com quem conhecemos, fato. Falamos muito mais com quem não conhecemos? Pelo menos para mim e entre minha gama de amigos: 100% verdade. Aliás, muitos deles tornaram-se amigos a partir de interação nos blogs, Twitter entre outras ferramentas. Porque elas são para agregar.
      Como mencionei no post, certamente a demanda de mensagens deles é muito maior; o que entendo por aqui é que a respostas deles é infimamente menor e, por isso, ainda não chegamos a “aldeia global”.
      Fico feliz de conhecer alguém que conseguiu algum contato. Você é um diferencial.

      • Assis Haubert

        Ok.

        Eu não sou um “diferencial”, sou apenas uma pessoa comum, talvez tenha sido sorte? Creio que não.

        Mas de qualquer forma o que vale é que entendeu “aonde” eu queria chegar ;).

        Att

  5. Ma

    Uau, e eu quase perco esta festa!

  6. É gata-garota, os pobres mortais inventam a ferramenta pro olimpo beber da água e não nos oferecer nem um golinho.
    Deixa só eu ficar rica & famosa.
    Deus vai dar asa a cobra. Aguarde!

  7. Olha Fe, a coisa mais dificil e vc conseguir interação com famoso. Uma vez consegui interagir com a Rosana Hermann(@rosana) sobre o fato das pessoas cultuarem a transmissão de fatos tristes como a morte do Michael Jackson q virou um circo na midia.
    Tb fiz vários amigos entre blog, flog, etc. Mas não sigo td mundo q me segue, tem uns gringos q sinceramente nem sei pq me seguem.
    Mas temos amigas em comum e espero tb ser sua amiga.
    Big Beijos

  8. ROSANA

    É Fê deve ser difícil para os deuses do olimpo responder milhares de perguntas de simples mortais.Mas acho que o colega Assis Haubert teve é sorte!.Segui a jornalista patricia kougut(não lembro, acho que é assim que escreve) ela, muita simpática geralmente,respondia minhas perguntas!mas, fiz perguntas a não famosos e a pessoa não responder…Até prefiro achar que a pessoa não viu!.

    bjs

  9. Eu comecei um #protesto contra esse povo, mas só Engraçadinha me deu ouvidos…rs
    Precisamos nos unir! =)

  10. dani faxina

    Pois é..nós falamos sobre isso…
    Eu acho que ferramentas como Twitter( ando de mal com ele..hahaha), quando viram modismo.. perdem o propósito.
    Viram palanque de marketing pessoal…propagandistas isso sim!!
    Estes famosinhos…que querem a tdo custo se exibir…
    Nos tempo de hoje ou tu é popular via mídia de massa..ou tu tenta entrar nos meandros da internet…
    Bah! Doar Tv de plasma é o fim!
    beijo

  11. Pois é… os populares destruíram o Orkut e os famosos estão destruindo o Twitter.

    Belo texto!

    Bjos!

  12. … pois é…. eles sabem que a interatividade atrai público, que o twitter é a nova moda… mas isso não pode ser misturado com a vida privada, pelo menos eu acho. O problema é que algumas (c0mo a Sandy) abriram uma janela para a vidinha doméstica dela… algo como “me olhem, mas não me toquem”. Eu me divirto. E só. Não levo tão a sério…

    Pois é… eu não sou idealista.

    E escrevi! Eu não disse que pararia… Só tive que fazer umas cositas no mundo real… rsrs… Ainda vou escrever sobre isso!

    Besos, guapa…

  13. Pingback: Geek Links | Geek Chic

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s