Sem padrinho não há vagas!

desempregoHá 15 dias (mais ou menos) participei de um processo seletivo, para Assessoria de Comunicação Interna de um plano de saúde. Hoje me chega o email:

“A ‘tal empresa’ muito se orgulha de ter sido escolhida entre as organizações de seu interesse para trabalhar (…), mas nesta oportunidade, a nossa escolha foi por outro (a) candidato (a)”.

Comovente, não?! Só faltou o “Desculpa ae, mas passe amanhã”.

Devo dizer que a seleção contava com 6 candidatos: Uma menina linda que usava gírias como vírgula, outra que nem formada em Comunicação era, um cara totalmente alienado que não respondia  “Lé com Cré” ao examinador, eu e uma outra que mostrava muito conhecimento… Na área de TV.

Paralelamente a isto, no início do mês, fiquei sabendo de uma vaga no mesmo grupo onde trabalhei por dois anos; Liguei pra lá, implorei indicação. Embora, dentro de mim, achasse que eles é que deveriam me ligar oferecendo o emprego, afinal, mostrei serviço por 2 anos. Diga-se de passagem um serviço limpo e qualificado.  

Parênteses: Entendo que não havia espaço para mim naquele departamento, mas aí aparece uma vaga em um outro núcleo e fico sabendo por fora?!

Tudo bem, não me intimido e vou atrás…

Qual decepção é maior!? Desta vez, não me deram nem a chance de fazer a entrevista. Recebi ontem o email:

“Infelizmente, seu currículo não atendia ao perfil desejado pela Revista P&%. Guardaremos suas informações para futuras oportunidades.”

Blá blá blá que se não fosse trágico, até seria cômico para analisar.

O mais curioso é que recentemente recebi um email, de um funcionário concursado da mesma instituição, em que na mesma linha, cometia-se atrocidades como “ajente” (a gente) e concerteza (com certeza). Tive vontade de nem ler o restante, porque a evidente ignorância de um Servidor Público Federal me deixou FÊ da Vida! Mas, como estava esperando “o favor” da indicação, dei atenção até o final.

Como não pensar que no caso do tal plano de saúde, quem ficou com a vaga foi a menina linda e cheia de gírias? Nesse país, só o que se vê são “afilhados” colocando no bolso pessoas qualificadas (neste caso eu e a “menina da TV”, se não foi ela quem ficou com a vaga).

Diante dessas experiências, não só no jornalismo, mas ao longo da minha vida adulta, começo a perceber que meu problema de desemprego, não é falta de padrinho ou sorte. É falta de bunda mesmo. Perdi muito tempo estudando, devia ter ido para a academia malhar e encontrar um teste do sofá. Certamente emprego não me faltaria, em qualquer escalão, de qualquer departamento.

desemprego2

Agora me contem: aos 30 anos, sem carteira assinada, sem experiências comprovadas, com um diploma recente de baixo do braço e sem padrinho eu faço o que da vida? Pego o boné do meu filho e vou pra baixo da ponte me juntar aos indigentes?!

#eucansei.

8 Comentários

Arquivado em Cotidiano

8 Respostas para “Sem padrinho não há vagas!

  1. GUI

    Srta imotepa.
    Passei pela mesma situaçao.Nao é fácil.
    Mas olhar pra frente.Não se lamente.Você é forte!!
    Sei de sua força.
    Obi wan dizia:May the force be with you .
    Pode contar comigo.

  2. Daniel Blanco

    Isso é uma falta de respeito e desconsideração a quem luta por uma vida melhor.
    Preferem beleza do que profissionalismo. Por isso q o Brasil é visto lá fora como um país de pura “sacanagem”.

  3. Ma

    Depois , tia Má e chata, reclama de tudo! [2]
    Né???
    Vai você reclamar…

  4. Moe

    Fernanda, não posso me identificar aqui, mas farei isso depois por Twitter. Infelizmente essa prática é real e nunca vai mudar. Eu quase – te conto porque apenas quase – esbarrei num processo de uma multinacional, processo este que JÁ TINHA uma candidata escolhida!!! Mas como a pessoa virou uma formiga perto dos demais candidatos, ela mesmo desistiu.

    Tive também uma namorada que simplesmente nunca teve o direito de recrutar a estagiária que trabalhava com ela. Sempre era o chefe quem já fazia isso. Perfil: Patricinha, descoladinha, fácil de pegar, comer, enfim. Olha, até ex-Malhação ela já teve que encarar do lado dela. Foram umas 5. Apenas uma era boa pessoa, mas sofreu um bocado com as investidas do chefe logo que contratada. Quase pediu demissão inclusive. Namorava (até casou com esse menino já) e era super tranquila.

    Tudo isso no mesmo mercado que você, o de comunicação.

    Seja forte, seu espaço vai aparecer. Um beijo!

  5. É o #followfired!
    Se cuida guria.

    Bj.

  6. GUi

    Fe
    vou te explicar o que aconteceu:
    Na gestao de pessoas em recurso humanos usam-se diversas avaliações e provavelmente seu avaliador teve o Efeito Halo.
    mas uatfuk?? efeito Halo? Nunca tinha ouvido falar ate estudar para concurso.
    Efeito Halo é a possibilidade de que a avaliação de um item possa interferir no julgamento sobre outros fatores, contaminando o resultado geral
    Efeito halo é a interferência causada nos processos de avaliação de desempenho devido à simpatia ou antipatia que o avaliador tem pela pessoa que está sendo avaliada.Ou seja uma mocinha bonita pode ter realmente influenciado no resultado do avaliador.
    Normalmente o efeito halo é considerado o mais sério e o mais difundido de todos os erros de avaliação.

  7. #followfired na cabeça!

    É nóis! rsrsrs

  8. Zion

    Se estamos falando da Unimed e, se caíram no seu Blog de lamentações… eles estão com a razão de não te escolherem… saia do computador, faça uma dieta e vá pra praia ser feliz! assim vc fica menos tempo lamentando aqui e ali, e se torna uma pessoa interessante para as próximas etapas!

    beijos no coração

    Meu caro, eu não lamento aqui e ali em vão. Lamento de coisas com fundamento. Vai dizer que sua vida é justa e todos que te cercam honestos? Se for… Aceito o endereço do paraíso!

    Beijo no coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s