Salve-se quem puder

O Instituto de Segurança Pública (SSP-RJ) divulgou ontem (31/08) dados oficiais que revelam o descontrole da criminalidade na capital carioca. Os dados em si já despertam a vontade de trancar todas as portas de casa, agora, se levarmos em consideração que o balanço trimestral (abril/maio/junho 2009 em relação ao ano passado) é realizado a partir de ocorrências registradas, e que mais da metade das pessoas que sofrem roubos e furtos, não procuram uma delegacia, a situação fica ainda mais complicada.revolver1

De acordo com o levantamento, foram 22.245 roubos (5% a mais que em 2008) e 23.080 furtos (2.2% a mais que no ano passado). Os casos de homicídios cresceram em 21,8%.   

Eu faço parte da estatística. Para quem não lembra sofri dois assaltos a mão armada, no final do ano passado, em menos de 28 dias. Em ambas prestei queixa, embora na última tenha reavido meus pertences porque pedi ajuda a força local, se é que me entendem.

Ora, na primeira vez, fui a delegacia cheguei às 10h e saí às 15h porque era aniversário da delegada e toda a equipe estava comemorando no boteco ao lado. Ia ficar de novo esperando a polícia para perder calada meus pertences?!   Dei um jeito antes, me juntei a estatística depois.

A grande verdade, amigos, é que a PM, assim como a Polícia Civil é de competência do Governo do Estado. O Exército é de competência do Governo Federal e todos eles são de uma incompetência atroz. Fruto, claro, da corrupção que aceitamos calados todos os dias, por vários anos. O fim disso tudo? Ou a violência chega as nossas próprias casas, ou providenciamos roupas a prova de balas e blindagens especiais para transitar e ou morar na Terra de Ninguém.

Isso não é só o Rio de Janeiro. É o Brasil sem lei.

Se alguém quiser ter o dissabor de conhecer todos os dados da violência, podem acessar o link:

http://urutau.proderj.rj.gov.br/isp_imagens/Uploads/200906capital.pdf

3 Comentários

Arquivado em Política interna

3 Respostas para “Salve-se quem puder

  1. Daniel Blanco

    Esse Brasil sem lei é uma vergonha.
    A uns meses atrás, fui assaltado aqui em SP capital dentro de uma farmácia, e detalhe que a delegacia fica a 235 metros dali. Os assaltantes nem se importaram com isso, tanto q os policiais chegaram 20 min depois do assalto.
    Fiz B.O., mas vcs acham que eu consegui minhas coisas de volta?

  2. Ma

    Ah minha querida fazemos parte das estatísticas, meu sogro foi assaltado à mão armada na porta de casa as 20 hs!!!
    Com direito a dois carros fechando o pobre e com arma no pescoço.
    Meigo não???
    Do taxi que ele dirigia , nem farelo, que dirá, pertences…

  3. Todos somos vítimas: andamos com medo da própria sombra, vivemos presos dentro de nossas residências (é raro encontrarmos uma casa sem grade), duvidamos de crianças vendendo bala nas ruas, desconfiamos de policiais (hoje em dia, o que mais se rouba é farda militar), etc.
    Divulgar índices, me refiro a secretaria pública, não nos ajuda em nada uma vez que não são utilizados para que algo seja feito.
    Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s