Promessa é dívida que eles não pagam

Para quem não se lembra, uma das promessas de campanha, do então candidato a prefeito da cidade do Rio, Eduardo Paes, era implantar o bilhete único, que já funciona muito bem em São Paulo. O sistema permite ao usuário pegar mais de uma condução, ônibus-metrô-van-trem, por duas horas, pagando só uma tarifa.

Os benefícios são claros:
1- O empregador que antes não contratava um funcionário que usasse mais de uma passagem, agora pode fazê-lo, porque a despesa será a mesma.

2- O profissional liberal que arca com suas passagens diariamente, também tem sua economia.

3- Para quem mora em um lugar como eu, onde só uma linha de ônibus liga o bairro ao Centro da cidade, com horários irregulares, pode fazer baldeação sem pagar a mais com isso.

O caso é que a mídia tem explorado muito o termo “Integração na Zona Oeste” carioca, como se isso, fosse alguma novidade ou trouxesse algum grande benefício à população. Não é de hoje que as empresas têm integrado ônibus-ônibus, metrô-ônibus, trem-ônibus. Em todos os casos tem acréscimo de tarifa, não pagamos R$2,20 apenas para viajarmos em quaisquer que sejam os transportes. O que é bem diferente da idéia do Bilhete único, que o nosso prefeito nos prometeu.

Portanto, vamos abrir os olhos, para mais esse truque de ilusionismo gerado por político de memória fraca.  Não era esse o trato, prefeito!

4 Comentários

Arquivado em Transporte Público

4 Respostas para “Promessa é dívida que eles não pagam

  1. Ah Fê, eu já não caio mais nas promessas políticas.
    Big Beijos

  2. Enquanto o povo é distraído com a rigorosa fiscalização das Vans e com o suposto aumento de ônibus que ligue a Baixada ao Centro, mais uma promessa fica esquecida. O povo precisa aprender a não se contetar com pouco e cobrar todas as falsas promessas feitas durante as campanhas eleitorais.
    Obrigado Fernanda, por não deixar que assuntos sérios caiam no esquecimento.
    Bjks carinhosas

  3. Daniel Blanco

    Promessas e promessas!!
    Oooooh povo que fecha os olhos para os problemas q eles causam.
    Acordem cambada.

  4. Depois que nós, povo votamos, nós povo esquecemos.

    Eu não votei nele, mas será q muda muito de um político pro outro?
    Acho q só os nomes diferem, a índole sei lá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s