Enquanto isso, no asfalto… Faz-se horta-comunitária de maconha

maconha_dunga1O deputado Paulo Teixeira (PT-SP), escolhido pelo Ministério da Justiça para ser o interlocutor do governo para revisão da lei sobre drogas defende não só a legalização da maconha e o porte da droga para consumo pessoal, como também é a favor do plantio para fins medicinais.

Explica-se: O Office of National Drug Control Policy, órgão responsável controle de medicamentos nos EUA patrocinou recentemente um estudo comprovando que a maconha pode produzir um efeito analgésico importante em pacientes que fazem uso de quimioterapia, em pós-operatório, portadores de lesão da coluna vertebral, entre outros casos de dores crônicas. A erva pode ser usada também no tratamento do glaucoma, epilepsia e em casos que sejam necessários a estimulação do apetite.

A partir dessa prática medicinal o deputado acredita ser necessário regular o autoplantio, com licenças concedidas pelo Ministério da Saúde, para permitir que, as pessoas que queiram, possam consumir maconha sem ter de recorrer a criminosos para adquiri-la.

Já contaram ao nobre deputado que ele está no Brasil?

Em primeiro lugar, qualquer dinheirinho compraria um atestado médico indicando a maconha como remédio. Com um pouco mais de moedinhas, se conseguiria o alvará para o plantio direto na fonte, ou seja, no Ministério da Saúde (quem duvida?). Sem contar que a legalização, ia trazer um monte de traficantes de fora para “fumar”, digo comprar, na nossa fonte. Não dou seis meses para isso aqui estar pior que a Bolívia.

Diria que não só mais uma vez é dado Direitos Humanos para marginais em detrimento da sociedade, como um deputado nosso, que recebeu nosso voto, pensa muito mais em benefício próprio do que nas reais necessidades do povo.

fumado um para engolir mais essa!

5 Comentários

Arquivado em Política interna

5 Respostas para “Enquanto isso, no asfalto… Faz-se horta-comunitária de maconha

  1. Eu juro que eu tinha todo um discurso preparado aqui, mas ao ler “Só fumado um para engolir mais essa!”, eu perdi toda a concentração de tanto que eu ri aqui, sua doida! hahahaha
    Ótimo post, só pra variar!

    Bj

  2. Rosana

    Olá, Fernanda

    Não é novidade , quando eles ñ legislam em causa própria.Eles têm a maldita mania de aplicar aqui ,o mesmo que se aplica na Holanda ou os EUA ,ora, ele já olhou a renda da população de lá o grau de educação!Sem falar das licenças concedidas pelo ministério da saúde seriam tudo falso rsrs
    Os traficas iam lavar a alma é lamentável..

  3. Ma

    Aqui é Brasil, já lembraram isto a ele???

  4. Hahahaha, perfeita a última frase. rs

    Mas eu discordo quanto a legalização da maconha.

    Tenho vários argumentos do ponto de vista da política, da psicologia e da saúde física, mas estou com uma puta preguiça de viver hoje, então vou deixar essa discussão pra outro dia. rs

    Ah, e eu não fumo maconha. Já tentei… mas passei mal nas 147 vezes que fumei. hahaha

  5. Quando muito jovem….com 53 ainda me sinto um guri, tá….eu tive oportunidade de fumar maconha, tomar LSD e cheirar cocaína. Sabe por que não o fiz? Sim, muito por ter uma família que me deu educação e acima de tudo uma estrutura, mas já naquela época eu me conhecia….se eu experimentasse, com certeza iria gostar, e aí estava o perigo. Pagar o vício como se éramos pobres? Virar ladrãozinho é o primeiro passo. Então, nunca experimentei nenhum tipo de droga, a não ser o cigarro, mas esse é legalizado e dá bastante dinheiro pro governo. Com relação à sua matéria, em uma época em que estão proibindo o cigarro em todos os lugares (qualquer dia vai ter excursões prá lua – veja a Terra de uma outra perspectiva enquanto fuma seu cigarrinho descansado) é de estranhar que queiram liberar a maconha. Mas e aí? Também valerá as leis anti fumo? ou seja, pode fumar sua maconha descansado, mas na lua, claro. rsrsrs
    beijos moça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s