Úmida retrospectiva de uma tragédia anunciada

No dia 27 de março, há 12 dias, portanto, foi noticiado que houve um evento no Espaço Criança Esperança onde os moradores da comunidade do Cantagalo (Ipanema) receberam a planta baixa de suas casas. Esclareça-se que a entrega desse documento é o primeiro passo para que seja concedido o título de propriedade das moradias.

Me corrijam se estou errada: os moradores de uma área de risco, que tem suas construções em terrenos instáveis brindam em evento solene a possibilidade legal de se manterem em zona de desmatamento (que leva a erosão e conseqüentemente ao desabamento).

Ai, vem a chuva. Mais uma tragédia acontece. E nossos governantes colocam suas caras deslavadas nos meios de comunicação criticam as obras irregulares e pedem que as famílias deixem as áreas de risco.

Será que é para abandonar também as casas que receberam planta e, portanto, aval dos governantes para estarem em lugares que não deveriam? Esse é o máximo de esforço que eles podem fazer pela população?

Francamente, na Zona Portuária do Rio tem inúmeros prédios abandonados. Poderia ter casas populares. Simplesmente obrigava-se a mudança dessas pessoas que construíram moradias em morros, para lugar seguro, reformado e digno. Tratava-se do reflorestamento dessas áreas e aí, sim, a gente ia começar a ter uma urbanização responsável.

Agora uma das mãos torna licito a habitação de áreas de risco e a outra berra que é irresponsável… Retirem suas famílias? Qual afinal é estratégia de habitação do governo?

E o pior de tudo é que agora o Governo Federal libera verba de 200 milhões de Reais ao Rio para minimizar o problema causado pelas chuvas. A pergunta é: Por que esse dinheiro não apareceu pra prevenção? Teríamos evitado mortos, feridos, desabrigados, desalojados…

Mas o importante mesmo é pensar que todo esse problema não afetará Copa e Olimpíadas, não é Lula?

3 Comentários

Arquivado em Política interna

3 Respostas para “Úmida retrospectiva de uma tragédia anunciada

  1. “Mas o importante mesmo é pensar que todo esse problema não afetará Copa e Olimpíadas, não é Lula?”

    Como eu disse no post pro Mulheres… As coisas só vão melhorar (se melhorarem mesmo) em 2016.

    #vergonhaalheia total.

  2. Uma coisa que tinha que ser feita era uma política educacional ambiental, seja nas escolas publicas e nas particulares, ensinando os alunos (de todas as idades, turnos, cursos…) de como agir com o meio ambiente.

    Poucos são educados, para não desmatar, não jogar lixo nas ruas e com isso não entupi os bueiros, não queimar mato dos morros…

    Não é só questão de verba, é questão de educação também.

    Abraços

  3. Amiga, esse é Lula fazendo escola com a política do Eu não sabia!.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s