Desnecessário Bola de Cristal

O Globo online, 07/04/2010 –  Chuvas no Rio: moradores de Vargem Grande estão ilhados

Sabe o que diz  Aurélio Buarque de Holanda?  

Vargem ou Várzea: Terreno baixo, plano e fértil, nas margens de um curso de água.

O Globo Online, 03/11/2009 – Lotes Molhados. Lei do Peu de Vargens: libera para erguer edificações em terrenos alagados.

Segundo a matéria, a outorga prevê construções na região de Vargem Grande, Vargem Pequena, Camorim e parte do Recreio dos Bandeirantes, acima de gabaritos permitidos, em troca de uma taxa paga à prefeitura e que será revertida em infraestrutura da região.

Infraestrutura neste caso deve ser distribuição de botes quando a chuva cair. Ou então lencinhos que os moradores hão de precisar para chorar seus mortos levados na enchente ou no desabamento.

Precisava de bola de cristal? Não, né. Basta um plano de habitação coerente.

2 Comentários

Arquivado em Política interna

2 Respostas para “Desnecessário Bola de Cristal

  1. É realmente, se nós fossemos um país bem desenvolvido teríamos estrutura ao invés de botes!

    Beijos saltitantes
    Bom domingo

  2. Vc não entendeu nada Fê. Não se trata de um plano de habitação, mas de um plano de controle da densidade demográfica. As pessoas que morrerem afogadas devido aos temporais, vai contribuir para a diminuição do contingente populacional naquela região e de uma tacada só, vai resolver também o problema de falta de moradia. Got it?

    Adorei o post.

    Bj.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s