Vamos recomeçar. Não esquecer.

O Globo, Domingo, 11/04 (p.16) – Coluna Hélio Gaspari – DINHEIRO, HÁ! O prefeito Eduardo Paes pediu R$ 270 milhões ao governo federal para acabar com o alagamento da Praça da Bandeira… Faria melhor destinando à prevenção de enchentes os R$ 120 milhões que separou para gastar em publicidade. Depois, pediria ao governador Sérgio Cabral que lhe desse R$ 150 milhões do ervanário de R$ 180 milhões que pretende encharcar em propaganda. Secaria a praça e sobrariam R$ 30 milhões.

Essa é para pensarem a próxima vez que ficarem presos em alguma enchente no Rio. Porque sim, ficaremos.

E antes que alguém encha a boca pra dizer que deveria ter um órgão para fiscalizar esse tipo de gasto, vamos lembrar que, o que mais temos hoje são secretarias e órgãos… Todos inúteis. Só servem para aumentar a burocracia e o jogo de empurra em respostas que deveriam ser práticas, simples e diretas.

Não tem que gerar nova  teta pra algum outro corrupto mamar. Nós é que temos que cobrar com o mesmo fôlego que temos para chorar nossos mortos, quando a negligência dos nossos governantes soterra nossos parentes ou fecha as portas dos órgãos de saúde quando estamos em emergência.

Por muito menos, na China o povo coloca tanques de guerra na rua. Ou indo mais perto a Argentina, que vivemos criticando, faz panelaço na frente dos prédios dos órgãos públicos. Nós como cidadãos é que temos que cobrar, perturbar, fazer valer o nosso dinheiro (e direitos).

Acorda ai galera, antes que a próxima vítima seja um de nós.

3 Comentários

Arquivado em Política interna

3 Respostas para “Vamos recomeçar. Não esquecer.

  1. Fê, me conta uma coisa que eu não sabia. Com essa história do deputado Ibsen Pinheiro entrar com um projeto que visa redistribuir a grana da Petrobrás, veio a tona a tal grana que o estado do Rio recebe por conta dos tais royals sobre a exploração do petróleo. Quanto é essa grana e principalmente NO QUE ELA É USADA? Pela gritaria do governador não deve ser pouco…
    Beijo moça indignada

  2. ma

    Saco viu…
    Nada muda ano após ano! mais grana pr’eles…
    Mais descaso para nós!

  3. Aqui em Porto Alegre, um rapaz estava na parada de ônibus, em uma movimentada avenida, quando se encostou no poste de iluminação, e caiu morto com um choque. Só prá descobrirem de quem foi a culpa já se passou quase uma semana. Hoje pela manhã um reparo mal feito de uma fuga d’água em outra avenida deixou pequenos pedaços de asfalto solto, e um motociclista perdeu o controle e morreu. Pelo menos aqui o Depto de água assumiu publicamente a culpa pelo ocorrido. Aí um repórter da rádio Gaúcha usou uma frase que resumiu tudo. Nossas cidades precisam de um “choque de gestão”.
    Só que isso só nas eleições, claro, onde promessas brotam com uma facilidade enorme. Depois de eleitos, a amnésia toma conta de todos.
    como faço prá seguir o seu blog?
    Beijo moça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s