Pensem pela Urna

Agora que Deus ouviu minhas preces e  Dilma e Serra estão disputando o 2º turno, nossa missão agora, enquanto eleitores, é procurar saber o que o (a) novo (a) presidente (a) fará na Economia.

A gente não tem que se contentar com pouco. Bolsa Familia, Bolsa gás, são no fundo bolsa vazia para o cidadão. Não votem por isso. Não avaliem tão por baixo. Pelo amor de Deus! (Sim, apelo de novo ao divino).

Com as atenções voltadas somente aos dois fica mais difícil eles desviarem do assunto “Economia” que, aliás, é o que fizeram durante os debates (que conseguiram ser mais chatos que a propaganda eleitoral gratuita, e nem quero mencionar os palhaços que erraram de endereço e saíram dos programas dedicados a comédia pra ajudar a inchar o horário gratuito).

Até aqui, Dilma e Serra fugiram dos temas econômicos como o Diabo foge da Cruz.

Mas, eles não são candidatos a síndico de um condomínio em Brasilia. Portanto, eu, gostaria muito de saber da Dilma, por exemplo, como ela pretende reduzir os juros, os impostos, os gastos públicos, e principalmente, a folha de pagamento da empresas. A madame, passou 8 anos no governo Lula e faz de conta que esses problemas não serão herdados por ela.

A bonitinha inclusive, já chamou de rudimentar a política do então Ministro da Fazenda, Antonio Palocci. E se não sofro de amnésia (como a candidata), essa política monetária ainda está em vigor. Aliás, hoje, esse mesmo Palocci, antes duramente criticado é orientador da presidenciável e adivinhem onde…?  Justamente nessa área.

É. Dona Dilma, tem gente no povão que está atento e quer saber:  A economia rudimentar, por acaso vai mudar? Já estamos por aqui vendo indícios que muito pelo contrário, visto que os aliados são os mesmos.

Quanto ao Serra, gostaria de saber:

Candidato, quem vai mandar na economia? O Ministro da Fazenda? O presidente do Banco Central ou o senhor mesmo, se for eleito? Heeeein? É. O tucano já manifestou preocupações com a autonomia da Fazenda, com a independência do BC e com a interferência de Lula, na área econômica. Só que até agora, não me mostrou números (como se eu – ou se o povo – fosse importante) que comprovem como ele vai tratar essas distorções.

É fundamental nesse momento, que os dois candidatos sejam claros sobre esses desafios, porque o maior interesse por trás das eleições é o interesse econômico. Depois de passada a festa democrática, o oba oba de carreatas, é a Economia que os espera no Palácio do Planalto. Foi assim nas duas vitórias de Fernando Henrique (Plano Real) e nas duas vitórias de Lula.

Deixe um comentário

Arquivado em Política interna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s