Cinema: Kung Fu Panda 2

Graças a Deus não sou crítica de cinema, porque ainda me divirto com algumas coisas na telona, que eles odiariam, a começar por continuação de filmes. Eu chorei no terceiro e último episódio de Toy Story (micos que o Gustavo sempre tem na manga para me fazer passar ridículo entre os amigos) e vibrei muito com Meu Fusca Turbinado, por exemplo. No entanto, a continuação de Kung Fu Panda não me convenceu.

A animação não chega a ser um porre de chata:

O Panda Po finalmente cai na real que não pode ser filho biológico de um marreco, passa a ter pesadelos por causa dos pais que perdeu, principalmente a mãe, que o teria abandonado. No meio dessa perturbação interior, começa a perceber que sua origem tem a ver com o supervilão, que é um Pavão meio Heródes, manda matar tudo quanto é panda por conta de certa profecia que dizia que ele um dia seria vencido por uma dessas coisinhas fofas. Claro que o Dragão guerreiro e seus companheiros vão ter que enfrentar o pavão e é nisso que a história se desenrola.

O problema é que nesse meio, existe uma busca pela paz interior, filosofia oriental demais pra ser engraçado. Não sei se porque essa busca pelo equilíbrio faz parte de uma trajetória muito recente da minha vida (e eu sei como é atribulada) ou se porque realmente as questões não foram caricaturadas o suficiente para despertarem o nosso lado ridículo que faz rir.

Na opinião do Gustavo, esta segunda parte da saga foi mais legal que a primeira (palavras dele). Talvez porque tenha apresentado a ele uma cultura mais distante – ele curte esse tipo de descoberta – ou por conta do visual em 3D é belíssimo.

Como o filme é por excelência para divertir as crianças e não os mais crescidinhos, como eu, deixo valendo a opinião do meu filho. Divirtam-se!

OBS.: Já sei que a minha análise veio bem depois da estreia, mas eu só escrevo sobre o que vivencio e a tia aqui assistiu ao longa depois da novidade nos cinemas. Vamos fazer uma mobilização? Estúdios e Distribuidoras voltem a convidar a Fe Freitas para as cabines de imprensa.

Deixe um comentário

Arquivado em Entretenimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s