Racismo Nosso que Você Diz Não Ver

E então o tempo passou e todo mundo diz que o racismo de antes, aquele que julgava o negro inferior, é um fantasma aprisionado no passado, não é mesmo? E se sua filha loira dos olhos claros aparecesse de mãos dadas com um rapaz de pele negra? Você aceitaria esse casal com naturalidade ou nesse momento você perguntaria a ela: “Você não se enxerga? Não está vendo que esse crioulo não é para você?”

Se a sua tolerância tem limites, meu caro, você tem preconceito racial. Está na hora de olhar para sua árvore genealógica. Nós, brasileiros, carregamos uma miscigenação genética sem igual, seja qual for a referência que se tome. Então, o que te faz diferente? Ter tido a sorte de ter “puxado” um pouquinho mais para o branco?

Na minha página “Quem?” digo sem medo que sou a soma exótica de Portugueses, Italianos, Alemães e… Negro. Sim, senhores. Também sou afrodescendente, podem puxar minha linhagem; Por isso, nunca me vi em situação de superioridade, seja qual for o tom de pele (seja qual for a opção sexual, a religião, etc). Aliás, pela minha vida, afetiva principalmente, passou muitos branquelos mau caráteres, pouco apaixonados, que me fizeram sofrer e penar o cão. Não se importaram com meus olhos claros, que deveriam me conferir certa superioridade, ou não?!

Sou gente que do avesso é vermelha. Como minha avó negra era. Tenho plena consciência que Deus mandou amar sem restrições. Não existe a orientação: Brancos amai-vos os brancos como a vós mesmos.  Não. Apenas o amor foi citado.

Segundo o Instituto de Pesquisa e Culturas Negras, o Brasil possui a maior população negra fora da África. Somos a segunda maior população negra no mundo, perdendo apenas para a Nigéria. Em nosso país a miscigenação atingiu o índice de 21% (dados de 2007). E você ainda acha estranho um casal em Preto e Branco?

Pois eu prefiro esse tipo de fotografia. Sobretudo se houver respeito, companheirismo, afeto, cumplicidade… E tudo aquilo que se espera para dizer “sim”.

Ass.: A Branca Azeda que se sentiu pessoalmente ferida presenciando a cena que descrevi no início.

1 comentário

Arquivado em Cotidiano

Uma resposta para “Racismo Nosso que Você Diz Não Ver

  1. Sério menina? Vc teve esse dissabor de presenciar tal tosqueria? Afff, ainda bem q não fui eu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s