Pra frente, Brasil!

E finalmente a presidente Dilma tem razão: não é com o PIB que se mede um grande país.

Isso se faz com investimentos em inovação, tecnologia, aeroportos, transportes, estradas, hospitais, escolas – coisas desse tipo que garantem ao cidadão direito de… CIDADÂO! Que paga e não recebe assistência básica, mas deveria.  Ao invés disso, estamos na posição 136 no ranking do Relatório Global de Competitividade 2011-2012.

Infraestrutura, logística e responsabilidade com os custos, não se vê por aqui. A zona é generalizada da rede de energia até a rede de esgoto.

Nesse momento, por exemplo, o governo está chutando para escanteio bilhões de reais construindo ou reformando estádios de futebol. Metade deles não terá lotação máxima nem durante a Copa de 2014; a outra metade vai virar cemitério de dinheiro público antes da final no Maracanã. Mas está todo mundo felizinho com a possibilidade de ver a Seleção Canarinho no Maraca. Assinando em baixo que essa foi uma grande sacada e que trará benefícios no turismo, geração de empregos, legados não sei onde, de não sei o que.

A coisa já não funciona pra gente, que dirá quando chegarem os gringos.

Isso ai, meus caros, foi um carrinho por trás.

Um campo de futebol tem lá seu valor social, mas nunca será mais importante que uma sala de aula. Até porque, depois que desmontarem o circo dos jogos internacionais não vão financiar atletas ou fazer daquilo nada de útil pra sociedade. Nasceram, sim, outras tantas Cidades da Música. Elefantes brancos desnecessários até por valor histórico, que é nenhum!

Não deveriam ter feito festa na praia de Copacabana acenando com Olimpíadas, por exemplo. Deveriam ter feito um plebiscito:

– Querem jogos ou escolas eficientes pro seu filho?
– Querem jogos ou reforma de hospitais para não pagarem plano de saúde?
– Querem jogos ou iluminação pública eficiente?

Se perguntassem, de maneira correta, sem levantar purpurina para os contribuintes que pagam quase 70 impostos diferentes, mas que em geral tem índice de instrução quase zero, nenhum deles aprovaria essa farra do boi.

E, a Senhora presidente, está certa, sim, quanto ao PIB, mas tem sido de uma demência geral, que nunca antes vista na história deste país.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s