Não para de chover safado

Acho que todo mundo já viu esses postes de multa eletrônica de velocidade que se reproduziram como preás nas ruas do Rio de Janeiro. Ninguém gosta de ser multado, claro. Mas quando isso acontece porque o sujeito ultrapassou o limite de velocidade da pista, vá lá. O Brasileiro só respeita mesmo aquilo que lhe dói no bolso e, isso é um modo de fazê-lo atentar as normas de trânsito, pensar na segurança dos motoristas e demais cidadãos. Dói, mas pode-se justificar assim.

Já esses postes são tudo de mais sem noção que já vi na vida. A pista é de 90km, e ai de repente, você tem que reduzir para 50km, do nada, na mesma pista. É como brincar de um vídeo game, com obstáculos, só que não, você foi roubado de verdade. Ora, se a pista é projetada para 90km é uma via expressa, longe de perímetro urbano ou quase, porque raios você tem que diminuir? Já enchemos tanto os cofres públicos sem o retorno básico, agora mais isso.

A vergonha não pára por ai.

Com a consciência mais tranquila do mundo, fui marcar a vistoria do meu Fefê Fonfom II, e páh! Uma multa, de 2 meses que sequer fui notificada.

Pára tudo! Vamos a Lei:

“Art. 282. Aplicada a penalidade, será expedida notificação ao proprietário do veículo ou ao infrator, por remessa postal ou por qualquer outro meio tecnológico hábil, que assegure a ciência da imposição da penalidade”.

O art. 281, parágrafo único, inciso II, dispõe:

“Parágrafo único. O auto de infração será arquivado e seu registro julgado insubsistente:

          II – se, no prazo máximo de sessenta dias, não for expedida a notificação da autuação”
É mesmo?

Mas eu tenho até o dia 31 para vistoriar o carro, para isso, não posso ter multa. Se for recorrer a JARI, eles demoram 30 dias para julgar o caso, o processo é moroso, ou seja, não me deram nenhum tempo hábil para que se faça cumprir a lei.  Apareceu safadeza na minha cartola! E depois eu que sou a nervosinha! Mas como é que entuba uma situação dessa sem espernear, gente?!

Vamos lá. Vou pagar. Recorrer depois, mas e aí?

– Será que ao ganhar serei ressarcida?

– Será que ganho?!

Como é difícil ser brasileiro!

1 comentário

Arquivado em Cotidiano

Uma resposta para “Não para de chover safado

  1. Cleto

    Fernanda, pra mim que deveria me chamar ” Passos Dias Aguiar “, já que trabalho com o carro, isso é tão…tão…safado, pois se a ideía é defender o incaulto e despreocupado pedestre, por que não há critérios para a instalação desses “arrecadadores” eletrônicos. Colégios deveria ser um critério aceitável, mas então porque são tão poucos instalados nessas instituições? A idéia, justamente, parece ser colocá-los em lugar que peguem desprevenido o “alouprado motorista”, numa forma didática de clamar “távendomotoristaapressadoquedeveandardevagar”. Só que essa frase é muito comprida e não consigo decorá-la. E aí acabo baixando o nível e gritando que isso é uma putaria…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s