A arte do ócio

Eu poderia falar de política e o quanto eu ando Fê da Vida com todas as desigualdades sociais, financeiras, etc. Sete de Setembro (sei que hoje já são 9, mas ainda estamos vivendo o feriado)  é sempre momento de refletirmos se realmente existe uma Independência… Mas há tantos anos que mantenho o blog e sempre concluímos que, não, ainda não estamos livres dos grilhões, que os colonizadores só mudaram de endereço. O país do futuro é balela – Quiçá o futuro jamais chegará por essas terras tupiniquins-.

Diante disso, resolvi mudar o disco (pelo menos por hoje) e me dei ao direito de passar para o lado de lá e ser magnata / alienada, entregue apenas aos prazeres do que o pouco dinheiro suado ainda consegue me comprar ou o cartão de crédito me consegue parcelar (a segunda opção é a acertada, caso tenha feito opções).

Senhores, estive na Porta do Céu. E, ao que parece, Deus mora lá.

A pousada fica em João Fernandes, na parte mais alta da Armação de Búzios. Muito aconchegante. E a vista…? Obrigada, meu Deus por ter todos os meus sentidos plenos e poder admirar esse lugar.

Tive o privilégio de ficar no quarto bem de frente para a piscina, babando para a baía, que fica aos nossos pés deste ponto. Sabe lá o que é amanhecer de frente a tanto azul?

Só tive uma frustração: não saber tocar violão. A noite a lua merecia uma serenata e as espreguiçadeiras pediam uma modinha, entre uma piada mal contada e outra. Pena eu tenho de quem ouviu apenas meus causos de cotidiano e minha cultura de boteco tão pouco interessante. Prometo nascer com mais talento musical, se tiver direito a uma próxima encarnação. =P

Devaneios a parte, para quem não consegue se livrar da tecnologia, o local oferece wi-fi para os hóspedes e funciona muito bem, amigos. O café da manhã também é bem honesto: salada de frutas, sucos, pães, bolos, biscoitinhos… Um monte de delícias que me fizeram já acordar com a tabelinha das notas embaixo do braço. Mas vai a dica, hein: Para quem quer se jogar no Buffet, os danadinhos da pousada pensaram em tudo e tem uma pequena academia próxima a piscina para quem tem a disposição de encarar. Se você está no mesmo projeto verão: aprecie todas as guloseimas sem culpa e tire um tempinho para usufruir do espaço.

Diga-se de passagem, a vista é panorâmica, então, se você não tiver o mesmo privilégio que eu, de dormir no quarto Estrelícias, vai poder fazer o desjejum praticamente dentro da baía. Um deleite, meu povo!

Já que estamos falando em comer (não sei porque não desapego desse tema) permita-me mais uma dica gastronômica: Jantem no aconchegante Sawasdee Bistrô. Que romântico! Que cozinha! O restaurante é especializado em comida Tailandesa. E dá para escolher a quantidade de pimenta. Já no cardápio tem as opções de 1, 2 ou 3 pimentinhas o que facilita muito a nossa vida.

Para quem não entende nada desses pratos os garçons são um capítulo a parte, treinados para sugerir os pratos da casa, de acordo com o gosto do freguês. Tudo bem a cidade é feita para turistas e a simpatia aproxima. Tudo bem. Mas nem todo mundo tem carisma e preparo e fui muito bem recebida na casa. Preciso ser justa com os rapazes!

Por sugestão do garçom que me atendeu, experimentei de entrada Krathong thong (maravilhosas cestinhas com frango e amendoim), depois um risoto de shitake no prato principal, que me fez até esquecer do que mais comi. Fantástico pra ele é pouco! E de sobremesa, um flambando de frutas com sorvete de creme, gentilmente servido na minha boquinha (claro que este serviço não é oferecido pela casa, mas lembram que era romântico? Pois é!).

Depois disso tudo deveria contar do beijo em frente a estátua da Brigitte Bardot e a abertura da suíte máster em grande estilo, mas ai… Não. Levem o bofe de vocês e construam a suas histórias. Os endereços estão ai, basta clicar nos links. Aproveitem!

1 comentário

Arquivado em Entretenimento

Uma resposta para “A arte do ócio

  1. Cleto Guedes

    Pois é moça, apesar de todas as nossas mazelas do dia a dia, vez por outra conseguimos pequenos momentos de felicidade, que nos dão um pequeno empurrãozinho como a dizer: – Vai, continua, um dia você chega lá.
    Na segunda feira vamos bater com a cara na porta da realidade, mas aí já é outro dia. Beijo moça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s