Santander: Vamos ficar longe juntos!

Não sei se vocês sabem, mas todo logotipo tem um estudo de marca para ser criado. Essa coisa toda muito vermelha do Santander  já é um sinal de alerta: é bom manter distância ou cartão vermelho com a vida financeira.

A minha economia doméstica, por exemplo, estava toda muito saudável. Fiz um acordo bem interessante com o Itaú, assim que comecei a trabalhar no hospital, paguei integralmente sem muito sacrifício, porque a negociação foi boa para as partes. E quando chego ao final, chefinho resolve mudar de banco. Receberemos todos no Santander. Vamos começar a via crúcis.

Ilustração “roubada” de Impressões Digitais

Antes correntista do Banco Real, com a venda da empresa, minha dívida com o cheque especial foi vendida a uma tal de Fator Recuperação de Crédito. A negociação nesta empresa é inexistente. Eles estipulam lá o valor, o modo como querem receber e você aceita ou não os juros da agiotagem. Pior: a dívida com o passar dos anos cai, para facilitar o acordo (assim foi com o Itaú pelo menos). Não lá. O que devia foi acrescido de juros sobre juros, passados mais de 5 anos da dívida. E para pagamento a vista?! Não cai um centavo!

Além do cheque especial do Banco Real, deixei dívidas também no cartão. Essa dívida cobrada pela extinta empresa, consegui pagar a vista, em um único boleto, porque houve o tal acordo. Faça-me o favor! Ninguém gosta de ficar com o nome sujo na praça, ainda mais sendo pobre, que precisa financiar tudo. Se estava estou devendo foi por impossibilidade mesmo. O desemprego que me assolou. Basta me acenarem com possibilidade e eu quito o que devo. (a Claro, o Itaú e até o extinto Banco Real, estão de prova) Agora isso é um abuso!

O querido chefinho, por lei, não pode me obrigar a ser correntista de nenhum banco. Fato. Bastava me dar uma carta para Conta Salário e pronto. Obrigaria os “vermelhos” a abrirem minha conta e eu viveria feliz com o Itaú (até a página 14, ao menos, Rs), enquanto discutia esse desmando judicialmente. O caso é que o DP da minha empresa, está dificultando as coisas (essa é uma outra história) e não posso arriscar não receber meu salário e 13°, em Dezembro. Preciso resolver o quanto antes essa pendência.

Dizem lá no “Fator”, que meu nome só estará liberado após pagar a última parcela do acordo, que chega a 2 anos, senhoras e senhores. Olha que absurdo! Mudaram alguma coisa ou o nome do cidadão deve ser limpo já no pagamento da primeira parcela do acordo? Só sei que o Banco Real, que era verde, “vermelhou” e isso não podia ser um sinal positivo.

Como é difícil ser Brasileiro!

Quem puder, mantenha distância do Santander.

3 Comentários

Arquivado em Cotidiano

3 Respostas para “Santander: Vamos ficar longe juntos!

  1. Eita, eu que pensei que vc tinha acabado seu pagamentos…

  2. Eu era cliente do Real e mto feliz. Aí fui obrigada a abrir conta no santander para receber :/ e depois o santander comprou o real, e nunca mais fui feliz com meu bando. Odeio o Santander com todas as minhas forças.

    Boa sorte aí pra vc resolver sua dívida com eles.

    Beijosssssssssssssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

  3. Cleto Guedes

    Bancos deveriam vir com rótulos de aviso: Use com moderação, mantenha longe de crianças e pobres, não dê ouvidos aquela boazuda que tenta lhe vender “crédito fácil”, e o principal: Retire seu dinheiro IMEDIATAMENTE.
    As empresas, por benefícios próprios, vendem suas folhas de pagamento ao banco de cobrar juros menores (da empresa), lixando-se aí os interesses do funcionário, que acabam atrelados à essas maravilhosas máquinas de ganhar dinheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s