Imaginação de Criança

Hoje prestei prova para o concurso do BNDES. Não fiz cursinho, mal tive tempo para estudar, mesmo sabendo que os concurseiros estão ai, dia e noite, investindo nos salário milionários, resolvi arriscar (cheguei a conclusão de que só mesmo um milagre muda minha vida a esta altura do campeonato). Estudei o que consegui sozinha, fiz uma bela revisão de Português e encarei. Duas fases em um mesmo dia: provas objetivas pela manhã e discursiva à tarde.

Nem preciso dizer que cheguei exausta! Não bastasse o cansaço psicológico, não havia nada aberto no bairro onde fui encaminhada, então, o jeito foi um lanchinho rápido no ambulante mais perto e, esperar na calçada, a hora de reabertura dos portões, embaixo de um sol de 40º.

Depois desta maratona, entro em casa, me atiro no sofá e o Gustavo logo aparece curioso:

– E aí, mãe, como foi a prova?
– Deu pra fazer, filho. Agora é esperar o resultado.
– Não era essa resposta que eu esperava para o nosso futuro.
– O que você esperava?
– Que você me dissesse que todas as respostas saíram como mágica do seu lápis.

No fundo, eu também. Mas tenho (leve) esperança. Ao menos um filho inteligente como este (sem querer me gabar e já me gabando) mereceria mais investimento em sua educação… O salário faria toda diferença.

criança-rosa

 

1 comentário

Arquivado em Cotidiano

Uma resposta para “Imaginação de Criança

  1. Ah, mas eu tô feliz de ver vc fazendo sua parte de uma maneira diferente. Ainda q não dê certo, vc vai ver q não é impossível tentar. E não é, sabe?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s