Arquivo do mês: outubro 2013

Cinema: Rota de Fuga

E fui eu ao cinema, serelepe com o dia das crianças, sem a menor noção do que estava passando na telona. Entre horários possíveis e filmes que descarto de cara (terror, por exemplo) estava lá Stallone. Sem sinopse ou saber quem mais no elenco, conta pra mim a nostalgia: Rocky, Exterminador do Futuro e, pro meu filho: a garantia de tiro, porrada e bomba.

Surpresa! Rota de Fuga é também surpreendente, inteligente… Ryan Breslin (Stallone cara amassada) ganha a vida testando a segurança das prisões dos Estados Unidos. Ele se infiltra, com identidade falsa no sistema carcerário e foge de cada uma das cadeias. Claro que tem sempre o menininho mal e em uma armação, Breslin é enviado para uma prisão privada, que ele mesmo ajudou a criar através dos seus estudos de segurança publicados em um livro. Era uma prisão perfeita, aparentemente impossível de fugir e sanguinolenta, afinal de contas, estava a parte do sistema.

rota_de_fuga

A descoberta do motivo pelo qual Breslin escolheu viver a vida estudando presídios, o encontro de um parceiro que o ajuda a fugir e a motivação deste para se aliar, além do golpe de tê-lo posto atrás das grades é o refinamento do filme. Sem contar, claro, que o plano de fuga embora, traga muitas cenas á la Indiana Jones, com aquelas conhecidas veias do pescoço de Stallone quase explodindo na tela, também seja pura Física. Coisa de gente com refinamento.

Arnold Schwarzenegger também dá o ar da sua graça, grisalho, canastrão e tira umas risadas do público. Claro! Todo mundo sabe o que vem na sequencia, mas como não amar a dupla? Ninguém entende melhor de “booom” do que eles.

E depois dessa canseira toda eu pensei: O sistema prisional do Brasil, merecia ter algo nestes moldes, até porque, certeza de que nenhum Fernandinho Beira Mar, teria refinamento para articular uma fuga baseada em Física, senso apurado de observação, treinamento, estratégia, etc, etc, etc. 

Curto e compartilho. =)

2 Comentários

Arquivado em Entretenimento